Metafísica da Saúde

A metafísica compreende o ser como um todo. A alma mobiliza os fenômenos psíquicos e do inconsciente brotam as emoções. Portanto, não se pode conceber que o foco do conflito seja puramente psicológico.

As repressões estabelecidas por conceitos e valores absorvidos durante a vida não são a principal causa dos males físicos, mas sim os sentimentos nocivos que as pessoas cultivam em seu interior, como mágoas, ressentimentos, etc. Existem ainda as condições de autodepreciação, como falta de amor próprio, etc. Essas posturas internas desencadeiam mecanismos psicológicos e figuram entre as principais causas dos males orgânicos. A metafísica da saúde oferece uma visão holística dos mecanismos psicossomáticos. O corpo é o veículo de manifestação do ser e o referencial de expressão dos potenciais da alma. Cada parte do corpo reflete um conteúdo espiritual. Quando preservamos essas condições internas nós mantemos a saúde.

Vejamos agora, de forma resumida, o que alguns sistemas do corpo representam metafisicamente:

Sistema Respiratório: Capacidade de interação com o ambiente. A saúde desse sistema é mantida quando a pessoa interage bem com o meio onde vive, sentindo-se parte integrante dele. Em geral, problemas respiratórios refletem as dificuldades para se inteirar com a vida e expressar-se diante das pessoas ao redor.

Sistema Circulatório: Capacidade de fluir pela vida, fazer aquilo que a pessoa tem vontade, de modo a não gerar desarmonia no ambiente. Realizar tudo que for necessário para bem viver, para manifestar as idéias e realizar os objetivos. De modo geral, as doenças cardiovasculares refletem a maneira indevida com que as pessoas conduzem sua vida. Elas não preservam aquilo que brota do seu ser, reprimem-se diante dos obstáculos, ou ainda, substituem seu valores básicos, passando a viver em função de objetivos que não são verdadeiramente importantes ao seu ser.

Sistema Urinário: Reflete o âmbito da parceria e relacionamento. É o referencial da habilidade de se relacionar: manifestar sentimentos, estabelecer laços afetivos e promover uma convivência feliz. A pessoa que apresenta complicações renais encontra muita dificuldade para estabelecer relacionamentos harmoniosos em sua vida.

Cada órgão que integra os sistemas do corpo possui uma representação metafísica. Conseqüentemente as doenças têm um fator emocional desestabilizado. Uma vez reparado o problema, através da consciência metafísica, a pessoa obterá condição internas favoráveis a sua completa recuperação.

Fonte: http://www.valcapelli.com.br