Sidebar Menu

Todo ser humano é produto de uma natureza infinitamente inteligente. Em espírito, torna-se humano quando está aprisionado ao corpo físico de matéria orgânica, que lhe permite experimentar as mais diversas sensações, da mais grosseira e brutal emoção da raiva extravasada em agressividade, ao sentimento mais refinado e nobre da compaixão. Mas a natureza humana é a mesma de tudo que existe na Terra. Então por que, nós humanos mais evoluídos que os animais adoecemos e sofremos mais que eles? – Porque só os humanos negam a sua natureza.

O pensamento “digitaliza” a vida e modela as formas criando as realidades que escolhemos viver. E a vida responde organizando as experiências que a consciência escolhe em cada momento propiciando as condições favoráveis aos aprendizados. O reflexo desperta a emoção. A emoção dá o colorido ao pensamento e plasma a ideia. A ideia determina a atitude, que se expressa nas palavras e comanda as ações gerando o comportamento. E o comportamento determina os resultados.

Na era dos grandes avanços tecnológicos e da liberação dos meios de comunicação, que nos propiciam formar redes sociais sem limites e compartilhar nossos conhecimentos para melhorar o mundo, nós criamos redes de idiotização e uma era da estupidez. As tecnologias não chegaram até nós para nos idiotizar. Elas são as alavancas para a elevação da consciência humana para um mundo melhor, com mais facilidades e menos sofrimento.

Sinceridade, podemos dizer que é da natureza primordial de qualquer elemento que se expresse ou se comunique de alguma maneira, sem os artifícios dissimuladores aprendidos. E honestidade se aprende por meio de regras morais ou éticas. Sinceridade e honestidade são atitudes distintas; quando associadas produzem um mesmo efeito.

Todos nós vivemos imersos no campo mental que emitimos. A onda do pensamento surge na emoção e no sentimento, na sensação, na percepção, ressuma na consciência e se espalha pela atmosfera psíquica levando consigo as emanações da emoção e do sentimento cultivado. A consciência recolhe a impressão e elabora o pensamento, que se organiza em ideia pela imaginação e segue formando a atitude que se exprime em comportamento movendo a ação.