Diabetes Na Visão Médico-Espírita

A Diabetes é uma doença caracterizada pela elevada taxa de glicose (açúcar) no sangue, devido a deficiência na produção de insulina ou na dificuldade de ação desse hormônio no organismo. Atualmente, há cerca de 240 milhões de portadores de Diabetes em todo o mundo, e estima-se que em 2025 esse número chagará a 350 milhões. A Diabetes melitus pode ser dividida em tipo I e tipo II e tem raízes, do ponto de vista médico, na interação de fatores genéticos com estímulos ambientais. A Tipo I acomete indivíduos na infância e adolescência e caracteriza-se por ser uma doença auto-inume, ou seja, o organismo produz anticorpos contra as células...

Leia mais...

Guia de Sobrevivência Em Tempos de Dengue

Diante do aumento incontrolável dos números de casos graves e do registro de dezenas de mortes por dengue em nosso país neste 1º trimestre de 2013, na sagrada missão médica de prevenir e evitar a doença e morte, e no exercício do direito constitucional de denunciar e combater tudo que coloque em risco a Saúde e a Vida de qualquer cidadão deste país, é que explico em detalhes as verdadeiras causas deste desastre provocado pela absoluta falta de racionalidade terapêutica no manejo desta doença, sob os auspícios da equivocada orientação que a população e a classe médica vêm inadvertidamente recebendo das autoridades sanitárias. Por isso jul...

Leia mais...

Paracetamol e Dengue: Quando o Remédio se Transforma em Risco

Entrevista ao site Ecomedicina O uso do paracetamol (Tylenol) é recomendado pelo Ministério de Saúde no tratamento dos casos de dengue. Mas será que o que parece consenso está, de fato, certo? Segundo Renan Marino, professor assistente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto-FAMERP e professor do Instituto Homeopático François Lamasson, de Ribeirão Preto, a resposta é não. Em entrevista ao Ecomedicina ele explica os riscos do uso do paracetamol em pacientes com dengue e indica qual deve ser, na opinião dele, o tratamento da doença. Confira! Ecomedicina: O uso do paracetamol é recomendado pelo Ministério ...

Leia mais...

Acordei Doente Mental

A quinta edição da “Bíblia da Psiquiatria”, o DSM-5, transformou numa “anormalidade” ser “normal”.   A poderosa American Psychiatric Association (Associação Americana de Psiquiatria – APA) lançou neste final de semana a nova edição do que é conhecido como a “Bíblia da Psiquiatria”: o DSM-5. E, de imediato, virei doente mental. Não estou sozinha. Está cada vez mais difícil não se encaixar em uma ou várias doenças do manual. Se uma pesquisa já mostrou que quase metade dos adultos americanos tiveram pelo menos um transtorno psiquiátrico durante a vida, alguns críticos renomados desta quinta edição do manual têm afirmado q...

Leia mais...

O Nascimento de Uma Sabedoria

Ptah Otep foi um grande sábio, primeiro a organizar uma escola de medicina no antigo Egito. Para realizar seu sonho, solicitou ajuda a embaixadores de países vizinhos, para reunir todos aqueles homens de outras terras, que tivessem conhecimentos de como curar. Assim, chegaram de toda África e também de parte da Ásia, sacerdotes, médicos e bruxos, falando em diferentes idiomas e, sobretudo, com maneiras muito distintas de curar. Cada um mostrou o que sabia; como faziam seus diagnósticos e o que usavam para curar. Alguns traziam plantas exóticas, outros falavam sobre enfermidades desconhecidas no Egito. Havia também aqueles que invocavam os espíritos ...

Leia mais...

Ritalina - O Monstro da Infância

Soa como uma horrível estória de um filme de terror: um psiquiatra norte-americano, internacionalmente famoso, testa em seus pacientes, nos anos 60, diferentes remédios psicotrópicos com a intenção de acalmar as crianças. Quando encontra a pílula adequada com a qual consegue acalmá-las, ele levanta em nome da Organização Mundial da Saúde a agitação das crianças como uma nova doença. Uma nova fonte de renda da rede mundial da indústria médica e farmacêutica. Milhões de jovens em todo o mundo tomam a Ritalina há décadas, porque eles teriam a suposta TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade). Como a indústria farmacêut...

Leia mais...

Como a Integridade Cria a Realidade

Estudos recentes sobre a região mental do cérebro chamada subconsciente e sobre os efeitos das impressões gravadas nele, mostram que sua capacidade de interferir no funcionamento do corpo é muito grande. Freud foi um dos primeiros a perceber isso, abrindo os caminhos para uma nova ciência chamada Psicossomática.  A condição interna é um fator predominante para manter a saúde física e melhorar a qualidade de vida. O corpo acusa o modo como estamos lidando com os acontecimentos. Cada parte dele reflete uma emoção. Todas as alterações metabólicas têm sua origem nas atividades mentais.  A emoção é a resposta aos estímulos mentais que...

Leia mais...

Síndrome do Pânico - A Mentira dos Laboratórios

Empresas farmacêuticas entraram em guerra pelo controle do mercado dos antidepressivos, um negócio de bilhões de dólares. Para vencer, financiaram estudos que validavam suas teorias, manipularam dados estatísticos, fabricaram e venderam remédios que, além de diversos efeitos colaterais, têm um problema maior: não curam. E, pior, reinventaram uma doença: a síndrome do pânico. Formei-me há 18 anos, em 1989. Presumo, pois, tenha alcançado somente agora a “maioridade” nesta minha profissão, a de médico psiquiatra. Ao menos, posso hoje colher os resultados de alguma experiência clínica, algo mais consistente à arte de diagnosticar do qu...

Leia mais...

A Verdade Sobre o Colesterol

Grande erro! - Sem inflamação, o colesterol não se acumula nas paredes dos vasos sanguíneos e não causa doença cardíaca. Nós, médicos, com todos os nossos treinamentos, conhecimento e autoridade, muitas vezes adquirimos um ego bastante grande, que tende a tornar difícil admitir que estamos errados. Então, aqui está. Admito estar errado. Como cirurgião cardíaco com 25 anos de experiência, tendo realizado mais de 5.000 cirurgias de coração aberto, hoje é meu dia para corrigir o errado com fatos médicos e científicos. Eu treinei por muitos anos junto com outros médicos proeminentes, rotulados como "formadores de opinião". Bombardeado pela ...

Leia mais...

A Respeito de Vacinas

Comecei a me interessar mais pelo assunto um pouco antes do nascimento do meu último filho. Tínhamos decidido não vaciná-lo. Intelectualmente é muito fácil ser a favor de uma coisa. Mas, quando temos de tomar uma decisão que envolve um ser, tudo muda. Naquela ocasião, eu me voltei para aqueles que tinham bons motivos para pensar de modo diferente da versão oficial. É preciso ter muita força para lutar contra uma ideia defendida por várias gerações e a questão das vacinas tem esta particularidade: é uma ideia praticamente incontestada.  Em outros campos, que não o da medicina, existe uma certa flexibilidade mental e essa capacidade d...

Leia mais...