Como nós nos tornamos criadores e colaboradores com Deus

O desenho que se faz hoje na mente constrói a realidade que se terá amanhã. Todo pensamento é projeção da consciência criando. A questão que se deve observar é a da origem dos pensamentos, de onde eles são projetados, se eles são da consciência desperta que pensa lucidamente e coerentemente, ou da consciência emocional que repercute os padrões condicionados por hábitos de repetição, que vem do passado, ou ainda se eles são aleatórios passageiros transitórios da coletividade mental. E o que disso resultará como criação de eventos positivos ou atração de eventos aleatórios.Nem sempre nós estamos criando momentos e eventos por von...

Leia mais...

O Sentimento é a razão da vida em nós

O sentimento é a razão da vida em nós. No plano em que nos encontramos, nós evoluímos pelo aprimoramento do sentimento.Aqui, no Planeta Terra, nosso desafio maior é o de amadurecer nossas emoções e desenvolver o sentimento. A emoção é do corpo emocional e explode no corpo físico como uma onda de energia que sobe a partir do chakra sexual até o cérebro envolvendo nossos sentimentos e pensamentos. Por isso, quase sempre cometemos gafes ou atos violentos quando tomados por emoção descontrolada.O sentimento é do corpo espiritual e se irradia na alma pelo chakra cardíaco, pelo coração. Daí irradia-se a compaixão e o senso da razão, den...

Leia mais...

A Arte de Ajudar

Ajudar os outros, ou primeiro pensar em si? – Eis uma questão delicada de se equilibrar na balança da consciência. Primeiro de tudo precisamos entender que, ajudar os outros é quase uma arte que precisa ser aprendida, porque nem sempre aquilo que temos a oferecer como ajuda é benéfico ao outro. Nas questões materiais é mais fácil, pois basta identificar a carência do outro e oferecer-lhe o devido auxílio – um copo d’água a quem tem sede, um prato de comida a quem tem fome, uma roupa a quem passa frio. Já, quando a ajuda passa por um aconselhamento é que a coisa se complica, porque tendemos a avaliar a questão do outro...

Leia mais...

A Doença da Humanidade

Todo ser humano é produto de uma natureza infinitamente inteligente. Em espírito, torna-se humano quando está aprisionado ao corpo físico de matéria orgânica, que lhe permite experimentar as mais diversas sensações, da mais grosseira e brutal emoção da raiva extravasada em agressividade, ao sentimento mais refinado e nobre da compaixão.Mas a natureza humana é a mesma de tudo que existe na Terra. Então por que, nós humanos mais evoluídos que os animais adoecemos e sofremos mais que eles?– Porque só os humanos negam a sua natureza. Em vez de aprender a lidar com nossa natureza, nós a reprimimos, por força moralista de crenças e dogmas, ...

Leia mais...

A Humanização do Ser Humano

O pensamento “digitaliza” a vida e modela as formas criando as realidades que escolhemos viver. E a vida responde organizando as experiências que a consciência escolhe em cada momento propiciando as condições favoráveis aos aprendizados. O reflexo desperta a emoção. A emoção dá o colorido ao pensamento e plasma a ideia. A ideia determina a atitude, que se expressa nas palavras e comanda as ações gerando o comportamento. E o comportamento determina os resultados. No torvelinho das ideias forma-se a imagem mental, a forma-pensamento. A imaginação coloca a imagem mental em movimento antecipando, na mente, a ação que se materializa em seguida c...

Leia mais...

Sinceridade e honestidade são nossa vocação

Sinceridade, podemos dizer que é da natureza primordial de qualquer elemento que se expresse ou se comunique de alguma maneira, sem os artifícios dissimuladores aprendidos. E honestidade se aprende por meio de regras morais ou éticas. Sinceridade e honestidade são atitudes distintas; quando associadas produzem um mesmo efeito. A expressão sincera do pensamento e do sentimento expõe o ser humano no que ele possui de mais belo em sua natureza de alma, não importando isso pelas suas qualidades morais. Aqui não se julga a natureza da sinceridade, mas a sua absoluta inocência; sua isenção de artifícios de quaisquer tipos. E tanto pode ser sincero um ser ...

Leia mais...

O Materialismo e a Era da Estupidez

Na era dos grandes avanços tecnológicos e da liberação dos meios de comunicação, que nos propiciam formar redes sociais sem limites e compartilhar nossos conhecimentos para melhorar o mundo, nós criamos redes de idiotização e uma era da estupidez. As tecnologias não chegaram até nós para nos idiotizar. Elas são as alavancas para a elevação da consciência humana para um mundo melhor, com mais facilidades e menos sofrimento. A inteligência é o principal atributo da consciência, porém, parece ser um “produto” inacessível para a maioria, formatada para ser somente "néscios tubos de consumo". A escravidão moderna se estabeleceu pela subs...

Leia mais...

Pensamento, Atitude, Comportamento e Ação

Todos nós vivemos imersos no campo mental que emitimos. A onda do pensamento surge na emoção e no sentimento, na sensação, na percepção, ressuma na consciência e se espalha pela atmosfera psíquica levando consigo as emanações da emoção e do sentimento cultivado. A consciência recolhe a impressão e elabora o pensamento, que se organiza em ideia pela imaginação e segue formando a atitude que se exprime em comportamento movendo a ação. Todos nós estamos atraindo e criando permanentemente as realidades com as quais temos que lidar depois, a partir dos nossos pensamentos. O pensamento, organizado em ideia, pela imaginação, flutua na mente c...

Leia mais...

A Auto-observação e o Bom Senso

É importante desenvolver a auto-observação, e assim entender o sentimento que desperta em nós quando nos relacionamos com os outros. Simpatia ou antipatia, admiração ou inveja, dentre tantas possibilidades, aportam das instâncias da alma informando qual atitude será melhor adequada para cada ocasião. No entanto, o julgamento precipitado da atitude do outro, sem uma auto-observação mais atenta, para entender o sentimento despertado em nós, pode nos levar a criar embaraços, ou a cair nas armadilhas ardilosamente preparadas pelo interesseiro, ou a repelir o outro quando apenas o estamos invejando pelo seu sucesso ante uma frustração nossa. Dentre ta...

Leia mais...

Nossos Julgamentos São Sempre Injustos

Quantos enganos nós ainda cometemos em nome da ignorância! Quantos julgamentos insensatos e condenações sumárias nós executamos sem antes rever nossos próprios posicionamentos dentro do cenário no qual nos vemos envolvidos com os outros, sem antes examinar nossa própria consciência e comparar nossas próprias atitudes na relação com aqueles que são objeto do nosso conflito interior!A constituição de uma personalidade orgulhosa nos impele a pensar que somos esse pequeno ego com o qual nos identificamos separados dos outros, e nos impede de enxergar o que está dentro do corpo que a constitui – nossa realidade espiritual; o que somos em verdade e ...

Leia mais...