A ESCRAVIDÃO DO INTELECTUALISMO

pensive businesswoman thinking of project 3CKSWXS

Não te tornes escravo das palavras. Cada palavra possui um sentido e muitos significados de acordo com o contexto da escrita ou do discurso, e cada leitor ou ouvinte tem sua própria percepção. Uma sequência de palavras pode ter vida, conter uma ideia, guardar um mistério, algo que é compreensível aos que se desapegam das palavras e buscam pela essência do texto, mas pode ser incompreensível aos que só leem palavras como arranjo intelectual.

A ERA DA INFORMAÇÃO

science and technology screen PD54Q8P

É comum que, para marcar certos acontecimentos importantes da história, se fale de “eras”. Estamos acostumados com a “era industrial”, a “era atômica”, a “era espacial” e tantas outras que indicam a comoção que esses eventos conseguem provocar.

Sinopse dos 22 Arcanos Maiores do Tarô na Jornada de Autoconhecimento em Busca do Ser

Depositphotos 11991267 xl 2015 1Esta é uma sinopse dos conteúdos desenvolvidos e trabalhados na Jornada de Autoconhecimento em Busca do Ser, Pelos Caminhos do Tarô. Pelos Caminhos do Tarô é uma jornada de autoconhecimento em busca do Ser. Percorrendo as vinte e duas estações dos Arcanos Maiores do Tarô, estação a estação, nós vamos visitar os principais pontos travados em nós que limitam o desenvolvimento dos nossos verdadeiros potenciais humanos e espirituais, e vamos apender como superar medos e crenças limitantes e aumentar os nossos potenciais criativos.

Confira e faça a sua inscrição aqui... 

AS CORES DA VIDA

artist holding paint palette LF8ZHM2 1As cores da vida são refletidas pelas nossas lentes mentais com as quais interpretamos os eventos e as experiências. O viver bem e o viver mal dependem unicamente das escolhas e interpretações que fazemos sobre o passado e o novo direcionamento que damos a ele. Nosso passado é nosso “karma” e futuro nosso “dharma”. O passado corrigido possibilita o futuro melhor de acordo com nossas escolhas no presente. Vida em cores, ou vida cinzenta!

O Tarô na Jornada do Autoconhecimento

O Tarô, redescoberto por volta da idade média, teve suas primeiras representações gráficas em desenhos representativos dos elementos culturais e religiosos da época. Nessa época ainda não era conhecido como "Tarô", somente como um jogo de cartas para adivinhação. Nem todas essas caracterizações arquetípicas dos Arcanos são coerentes com seus significados originais, no entanto, em algumas parece-nos haver distorções que descaracterizam quase que totalmente o Arcano. O exemplo mais contundente disso, em nosso ponto de vista, talvez seja o do Arcano 5 cuja referência mais comum é a do Papa.

Ilusão e Realidade

Nós vivemos entre a ilusão e a realidade expiando por uma fresta à espreita do futuro enquanto fugimos do passado. Essa fuga do passado é tão ilusória quanto é a nossa percepção da realidade e a perspectiva do futuro, porquanto o passado se repete ciclicamente, viciosamente, projetando nosso futuro em sucessivos episódios remasterizados. Portanto, o passado se projeta muito mais real do que a nossa expectativa de um futuro novo e diferente.

O Espaço e o Tempo

A questão do espaço e do tempo sempre nos intrigou, e apesar de todos os avanços da ciência nas suas tentativas de explicar, e do desenvolvimento intelectual do ser humano, ainda é uma questão que escapa à nossa compreensão e todas as explicações são apenas teorias.

Nós não conseguimos experimentar o “atemporal”; somos regidos pelos movimentos que criam o espaço e o tempo “lerdamente”.

Meditação Andando

“Meditação andando é meditar enquanto se anda. Andamos devagar, de forma descontraída, mantendo um leve sorriso nos lábios. Com esta prática, nós nos sentimos profundamente à vontade, e nossos passos serão os da pessoa mais segura do mundo. Todas as nossas preocupações e ansiedades desaparecerão; paz e alegria vão encher o nosso coração. Toda pessoa pode fazê-lo. Leva apenas um pouco de tempo, requer um certo grau de consciência e o desejo de ser feliz”.

Podemos Deletar Um Pensamento?

Nós falamos muito em mudar. Pensamos e logo nos damos conta que nosso pensamento não foi legal, e queremos mudar o pensamento. Nos envolvemos numa emoção de raiva violenta, depois refletimos sobre nossa atitude e seu comportamento derivado, e queremos mudar. Mas isso é possível?