“Comece a sua vida espiritual por compreender que todos os conflitos devem ser apaziguados dentro da sua consciência. Nunca existe um conflito com uma pessoa ou condição, e sim com o falso conceito mentalmente mantido acerca de uma pessoa, coisa, circunstância ou condição. Por isso, faça a correção dentro de você mesmo, no lugar de tentar mudar alguém ou algo externo”. –Joel S. Goldsmith – O Caminho Infinito.

Todo conflito é sempre consigo mesmo – conflito em seu próprio interior. O conflito se estabelece quando há resistência quanto em aceitar uma realidade. Ele se estabelece por uma tentativa de manipular o real em favor do ilusório, e tem na sua base as crenças. Lá no fundo, o que está acontecendo é uma luta do seu pequeno eu formatado no ego tentando convencer o seu eu verdadeiro – a ilusão contra a realidade. O que se projeta lá fora é só efeito do que se passa no interior.

O acidente aéreo que provocou a morte do candidato à presidência da república Eduardo Campos está despertando, no imaginário popular, uma gama de especulações que vão das teorias da conspiração às coincidências numéricas com o número 13. Há suspeitas, há dúvidas, e talvez nós nunca venhamos a saber a verdade. Explicações terão que ser dadas, mas elas, por mais verdadeiras que sejam nunca nos convencerão em cem por cento. Sempre ficará uma pulga atrás da orelha zunindo desconfiança.

Medo é a emoção básica, a primeira desenvolvida por qualquer espécie de ser vivo. O ser humano experimenta a emoção medo; animais e plantas também. O medo, como primeira emoção surge para preservar a vida. Depois do medo surge a ira, ou raiva, como a força propulsora para a ação - o ataque quando necessário, a defesa ou fuga.

O caminho da libertação espiritual é o autoconhecimento. Conhecer o caminho significa conhecer profundamente a nossa alma, e conhecer a si próprio, numa jornada que exige vontade, dedicação e disciplina. Mas o que é alma? Não se preocupe com definições para alma, elas são muitas e todas são tentativas da mente, um dos atributos da alma, de explicar a si mesma.